Setorização de Preferências

O IBOPE divulgou uma pesquisa em que as preferências partidárias do eleitorado brasileiro foram captadas. A mesma pesquisa foi realizada em 1995 e em 2002, o que possibilita uma base de comparação interessante do perfil do eleitorado brasileiro.

Atualmente os eleitores estão divididos da seguinte forma: 43% estão no Sudeste, 26% no Nordeste, 15% no Sul e 15% no Norte/Centro-Oeste. No país inteiro, 39% dos votantes têm até 44 anos e 61% estão acima dos 45 anos.

Com relação aos partidos, o PT é o preferido englobando 21% do total já o PSDB conta apenas com 5% da preferência nacional. Um fato curioso da pesquisa é a modificação do eleitorado petista, em 1995 e em 2002, 27% das pessoas que preferiam o partido possuíam até 24 anos. Hoje essa parcela diminuiu para 17%.

Entretanto quando se olha para o eleitor mais velho observa-se que na pesquisa anterior 25% dos que simpatizavam com o PT tinham mais de 40 anos. Na pesquisa mais recente o IBOPE modificou as faixas etárias dividindo o eleitorado entre votantes que tem até 44 anos e os que tem mais de 45 anos.

Essa nova distribuição etária mostra que 39% dos eleitores têm até 44 anos enquanto 61% tem mais do que isso. Dentre esses, 38% do primeiro grupo e 62% do segundo preferem o PT.

É interessante ver como a população muda suas preferências ao longo dos anos, mas esse tipo de ocorrência não é radical. Apesar de ainda ser o preferido por grande parte do eleitorado, o PT tem perdido adeptos. O PSDB, talvez pela polarização, não consegue ganhar os dissidentes e o cenário eleitoral acaba por favorecer o partido de Lula e Dilma.

O fato de os simpatizantes mais jovens estarem diminuindo também demonstra que a base de renovação do PT pode estar diminuindo, o que pode continuar prejudicando o partido que já sofre com a ausência de sangue novo e potente. Lula não viverá para sempre, como será que o partido se sustentará sem o seu maior cacique?

Por falar em jovens, eu acho que seria interessante fazer uma pesquisa sobre a evolução do ingresso de pessoas até 24 anos em partidos políticos nos últimos vinte anos. Eu tenho a impressão de que a nossa juventude (inclusive eu que me enquadro nessa parcela e não sou filiada a nenhum partido) está cada vez menos participativa nesse quesito, mas nada impede que surpresas aconteçam… Se eu conseguir fazer e compilar a pesquisa um dia me comprometo a publicar aqui no blog, façam o favor de ler!

Por Ana Paula Ramos

Anúncios

Deixe sua opinião

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s